Produtor tem pimentas de 35 países