Câmeras mostram quando professor de artes marciais agride ex-aluno

Um vídeo que mostra a briga entre um professor de artes marciais um ex-aluno ganhou repercussão nesta quarta-feira (10). O caso aconteceu em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba.

As imagens foram gravadas do pavimento superior da academia onde a história começou. Diógenes Assahida, um mestre de 60 anos, vê o seu ex-aluno passar em frente ao estabelecimento ao lado da namorada e o chama para conversar. Ulisses, 24 anos, atende o chamado do ex-professor, mas segundos depois é surpreendido por socos e tentativas de imobilização. O vídeo registra aproximadamente um minuto de briga.

Assahida é conhecido entre os lutadores de artes marciais mistas (MMA) e já treinou campeões mundiais, como Anderson Silva.

Versão do professor

O mestre gravou um vídeo justificando as agressões. Ele conta que Ulisses foi seu aluno e trocou de academia há cerca de quatro meses. Assahida reclama da postura do ex-pupilo e alega que o homem costumava passar em frente ao ginásio fazendo provocações.

“É falta de respeito do cara passar na frente da minha academia com a camiseta de outro. Eu fui mestre do cara. Ele foi para outra academia e começou a falar mal de mim. Eu fui um pai para ele. O pai que ele não teve”, desabafou.

Colegas defendem

Em entrevista à Rede Massa, outro frequentador da academia, que se identificou como Altair, afirmou que conhece bem os dois envolvidos na briga. Ele acredita que Diógenes Assahida deixou-se levar por um pico de estresse.

“O Diógenes é querido por todos. Não é nenhum bandido. É pai de família e trabalhador”, relatou.

Segundo a família de Ulisses, o agredido pretendia registrar um Boletim de Ocorrência (BO) ainda nesta quarta-feira (10).

Colaboração Lucas Rocha/Rede Massa

Fonte: massanews.com