Após ameaça de ataque, as aulas serão mantidas normalmente na UFPR

Após reunião com diretores dos setores da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o reitor Ricardo Marcelo Fonseca se pronunciou, através de um vídeo, na noite desta quinta-feira (11).

Leia mais: Reitor da UFPR se reúne com diretores para definir ações após ameaça

Fonseca afirmou que a instituição está em contato com Secretaria de Estado de Segurança Pública do Paraná desde a divulgação de ameaças de um atentado à UFPR e que a orientação é para que seja mantida a normalidade. Por isso, as atividades da instituição não serão suspensas.

“É natural que isso gere preocupação em todos nós, mas acima de tudo é essencial manter a racionalidade, a sensatez, e trabalhar com informações confiáveis, sem dar ouvidos para boatos que inevitavelmente espalham o pânico e a histeria”, pontuou o reitor.

Fonseca ainda disse que nenhum outro indício de atentado, além das mensagens que estavam circulando, foi identificado. Ele pede que caso algum aluno ou membro da comunidade acadêmica tenha informações que possam colaborar com as investigações da polícia, que procure a diretoria ou denuncie pelo (41) 99176-1341.

Veja também: UFPR aciona autoridades após boatos e ameaças de ataques

Além disso, a segurança interna, câmeras e iluminação foram reforçados para combater qualquer situação de risco na universidade.

Fonte: massanews.com