Família espera corpo de paranaense morta por policiais portugueses