DER-PR defende ex-diretor preso