Professor acusado de matar a namorada diz que é inocente