Quadrilha suspeita de roubar consultório odontológico é presa

Uma quadrilha suspeita de praticar furtos e roubos na região central de Curitiba foi presa nesta semana, após ser identificada por meio das redes sociais com o auxílio de uma das vítimas. Os suspeitos teriam invadido um consultório odontológico, rendido o dentista e um paciente, e fugido com pertences das vítimas.

O delegado responsável pelo caso, Pedro Filipe Andrade, relatou que Robert Adalberto Pereira Baez, de 21 anos, e Bruno Alexandre Scotecki Swieca, 18, invadiram o consultório, localizado no Centro, no dia 29 de março deste ano. “Eles entraram armados, renderam o dentista e um paciente e roubaram celulares e outros pertences. Através de imagens da câmera de segurança a gente conseguiu chegar até a autoria e também à participação de mais duas pessoas, que são irmãos”, detalhou.

De acordo com a investigação, a dupla recebeu a ajuda de Érick Alexandre Duarte da Maia, 18, e de sua irmã, Jaqueline de Mais, 35, que trabalhava em uma loja localizada no andar de baixo do consultório. “A gente acredita que tiveram algumas informações passadas por essa funcionária, que facilitaram na movimentação do crime. Testemunhas informaram, inclusive, que no dia dos fatos ela demonstrou certo nervosismo, e as imagens demonstram que ela saiu [da loja] bem na hora do assalto”, completou.

Uma das funcionárias, que trabalha junto com Jaqueline, reconheceu um dos suspeitos nas imagens da câmera de segurança e, desta forma, a Polícia Civil conseguiu identificar o restante da quadrilha por meio das redes sociais. “Pelo cruzamento de dados das redes sociais foi possível confirmar essa ligação entra a Jaqueline, o irmão e os dois suspeitos que entraram no consultório, pois haviam fotos deles juntos”.

Os quatro suspeitos foram presos na quarta-feira (8) e permanecem à disposição da Justiça.

Colaboração Juliana Rodrigues/Rede Massa

Fonte: massanews.com