Projeto de uma década sai do papel