Moradores e comerciantes reclamam da violência no Cristo Rei