Golpistas clonam redes sociais para roubar contatos de vítimas