Ex-prefeito e vereadores estão na mira do Gaeco