Batedores de carteira atuavam no Centro de Curitiba