Empresário afirma que a própria mãe mandou furtar sua loja