Suspeita de mandar matar parceiro se defende das acusações