Empresária segue como principal suspeita de mandar matar namorado