Família de jovem morto diz que crime não tem justificativa