Laudo do IML diz que vítima foi morta por asfixia