Caso do médico preso pode virar briga no tribunal