Polícia trata morte de empresário como uma execução