Bandidos estão de olho no dinheiro do dízimo