Passageiros vivem rotina de violência no transporte público